Follow by Email

sexta-feira, 22 de julho de 2016

Mais uma vez as obras no bonde de Santa Teresa

O sistema de bondes de Santa Teresa, já teve uma eficiência comprovada pelos seus moradores mais antigos. Na década de sessenta uma série de usuários já fizeram depoimentos de que acertavam seus relógios com a passagem das composições pelas ruas do bairro. Há muito que o sistema se deteriorou, chegando ao ápice no acidente de 28 de agosto de 2011, quando se iniciou o processo de reestruturação, com a adoção de novos veículos e reforma da base física, com a pretensão de ligar o Largo da Carioca ao Silvestre, conexão histórica do sistema. Essa ligação pode representar um importante fato para a integração do bairro de Santa Teresa com outras partes da cidade, incrementando sua mobilidade e várias atividades econômicas no bairro, tais como restaurantes, ateliers, e outras. No entanto, desde o início das obras o que identificamos é a falta de planejamento e de projeto das intervenções e das obras, que não são feitas para atender os interesses dos moradores e usuários do sistema, mas sim a empreiteira. A luta pela integral reimplantação do sistema de bondes de Santa Teresa é uma luta de toda a cidade do Rio de Janeiro, que sempre expressou um carinho especial por esse bairro, e quer ver o sistema de bondes se articulando com outros modais da cidade.

Abaixo o link com a íntegra da matéria da TV Bandnews sobre o assunto;

http://noticias.band.uol.com.br/jornaldorio/video/2016/07/18/15932777/reforma-total-dos-trilhos-de-bonde-em-santa-teresa-ficara-pronta-em-2017.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário