Follow by Email

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Morre o arquiteto Miguel Pereira

Morreu ontem dia 15 de maio de 2014 o arquiteto Miguel Pereira, grande nome nas lutas do Instituto de Arquitetos do Brasil. Miguel foi um incansável batalhador pelo reconhecimento da relevância da profissão dos arquitetos, como atores importantes na constituição do espaço humano construído no país. Possuia uma precisão cirúrgica e uma elegância ímpar nas falas e posicionamentos. Fiquei sabendo que seu último pedido foi de ser estendido sobre seu caixão uma faixa amarela com a palavra Arquitetura. Além disso, não queria ninguém triste em seu velório. Grande figura!!

Abaixo um video gravado após a constituição do CAU-BR



https://mail.google.com/mail/u/0/?tab=wm#inbox/146045e86c2fc749?projector=1

Entrevista na revista da ADEMI-RJ de abril 2014

Foi publicada entrevista comigo na revista da Associação dos Empreendedores do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro (ADEMI-RJ). Nela procurei defender uma cidade mais misturada, tanto de usos, quanto de extratos sociais, pois acredito neste modelo como mais seguro e promissor para todos. A cidade brasileira não pode mais continuar reproduzindo os guetos de pobres e ricos, da forma estratificada como ela vem se constituindo. Precisamos mudar essa inércia.

Por outro lado, também mencionei a questão da urbanização de favelas, que precisa passar a ser encarado de forma mais contundente e articulada. Precisamos integrar essas áreas, garantindo níveis de serviços urbanos, como coleta de lixo, de esgoto, água, iluminação, espaços públicos bem desenhados, etc.

Mencionei também a questão dos centros históricos de nossas cidades, e mais especificamente o do Rio de Janeiro, que precisam ser revalorizados, recebendo o incentivo ao uso habitacional, que tanto dinamiza essas áreas.

Enfim, ao lado e abaixo imagens da revista da ADEMI-RJ.