Follow by Email

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Matéria no O Globo fala de cidade inclusiva

A Favela do Vidigal no Rio de Janeiro
O arquiteto norte americano Alexandros Washburns, de mãe grega e pai dos EUA, foi entrevistado na coluna do jornal O Globo, "Conte algo que não sei", defendendo a ideia da produção de uma cidade inclusiva. O arquiteto esteve no Rio de Janeiro em função da Cúpula dos Prefeitos, e também celebrou implantações como as favelas do Vidigal no Rio de Janeiro e de Paraisópolis em São Paulo, como formas de luta "pela igualdade de condições e por cidades que sejam possíveis para todos", velhas bandeiras dos arquitetos brasileiros e do IAB-RJ.

A cidade pode efetivamente ser um equipamento promotor de inclusão, pois é o lugar de oportunidades variadas para diversos agentes e atores, disponibilizando espaços de acesso à cultura, à educação, ao lazer, ao emprego. As redes de solidariedade presentes nesses assentamentos muitas vezes garantem a sua população o acesso a perspectivas de melhoria de vida num espaço de poucos anos. A cidade na verdade é o local com maior concentração de oportunidades, não só de empregos, mas também, de lazer, cultura, educação, que impulsionam transformações na vida de agentes e atores diversificados.

Abaixo o link da matéria...

http://oglobo.globo.com/sociedade/conte-algo-que-nao-sei/alexandros-washburn-arquiteto-vidigal-paraisopolis-lembram-grecia-17497909

Nenhum comentário:

Postar um comentário