Follow by Email

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Falecimento de Luiz Paulo Conde, um arquiteto

Faleceu no dia 21 de julho de 2015 o arquiteto Luiz Paulo Conde, que foi professor de projetos, prefeito da cidade do Rio de Janeiro, secretário de urbanismo, diretor da FAU-UFRJ e grande defensor do valor cultural da arquitetura.  Conde foi meu professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU-UFRJ) no começo dos anos oitenta, e desde esse tempo nos encontramos em diversas ocasiões em torno de projetos para a cidade do Rio de Janeiro.

Quando foi meu professor de projetos no começo dos anos oitenta,  me fez uma provocação em função de um projeto que desenvolvi, no qual segundo ele; "haviam algumas firulas e citações da arquitetura finlandesa de Alvar Aalto". Conde reconhecia o valor do meu projeto, mas identificava nele a utilização de uma linguagem não alicerçada na realidade construtiva do país. Conde tinha uma compreensão ao meu ver acertada, da arquitetura que ia muito além da mera linguagem, mas que deveria se referir à cultura do construir de um local específico, no caso o Brasil. Como se os elementos que o arquiteto manipula quando projeta, tais como; materialidade, composição formal, articulação de usos, resistência às intempéries, etc...nascessem da realidade específica do local onde se instala. Sem dúvida uma obviedade, mas que deve sempre ser repetida.

Conde tinha uma compreensão do nosso ofício, como uma ação de eminente interesse público, onde projeto e planejamento cumpriam um papel de levantamento de hipóteses, que ao final viabilizava a participação dos usuários e a realização das obras. A comunicação entre projeto e sociedade deveria na sua visão ser fomentada e impulsionada pela confecção de perspectivas e maquetes, tornando o vir a ser do terreno ou da cidade mais transparente para o conjunto dos atores interessados.

Por ocasião da inauguração da urbanização da favela de Parque Royal na Ilha do Governador, projeto desenvolvido pela Archi5 arquitetos associados, dentro do programa Favela Bairro ele fez um comentário ao mesmo tempo celebratório e crítico ao nosso projeto; "É  ficou bonito, mas voces tiveram sorte com as pré-existências que já tinham aqui." Realmente a qualidade das pré-existências na favela de Parque Royal eram admiráveis.

Ele era um apaixonado pelo tema das aglomerações urbanas, particularmente pelo Rio de Janeiro, mas também pela cidade brasileira em geral. Uma figura controversa e apaixonada, que não deve apenas ser celebrada, mas que merece toda a atenção dos que militam pela melhoria da qualidade do espaço construído pelos homens.

Os links abaixo mostram reportagens que sairam nos jornais cariocas a respeito dele;

http://oglobodigital.oglobo.globo.com/epaper/viewer.aspx?Token=rsk66knuovy97p5ietxpv6ajyurc7wye5h3ybshnjyd3p9hha1#

http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-nacional/t/edicoes/v/ex-prefeito-do-rio-luiz-paulo-conde-morre-aos-80-anos/4337884/

Nenhum comentário:

Postar um comentário