Follow by Email

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

O artigo do Veríssimo no jornal O Globo de 29/01/2015

Imagem do artigo do Veríssimo
O colunista do jornal O Globo Luiz Fernando Veríssimo nos brinda hoje com um excelente artigo sobre as cidades no mundo em nossa contemporaneidade, merecendo um destaque e uma reflexão. O artigo com o título de "Banlieues" se refere as favelas do Rio de Janeiro e as periferias intermináveis e genéricas de Paris, descrevendo os desequilíbrios de urbanidade presentes tanto numa como na outra. Em determinado trecho nosso irônico articulista nos brinda com uma precisa descrição da alienação das nossas elites - dentre as quais o próprio se inclui - que celebram a parte que conhecem, e se recusam a identificar as mazelas do desenvolvimento da nossa contemporaneidade em todo o mundo.

"A Paris que a gente conhece é apenas o centro de uma cidade que, assim como preservou sua arquitetura e seus monumentos, conserva sua solene indiferença ao cinturão de pobreza e ressentimento que a cerca."

A urbanidade que é um conceito que se refere a presença de uma certa civilidade, que envolve a presença de uma série de serviços de infra-estrutura urbana, tais como; segurança, calçadas, iluminação, arborização, presença de parques, transporte público, mobilidade, coleta de esgoto, lixo e outros foi comprada e privatizada. Na cidade capitalista o acesso a esses confortos custa caro, e invariavelmente, pelo preço da terra urbana, mantém longe de si a presença da pobreza. Nesse sentido, o velho cronista acaba nas entrelinhas por apontar uma vantagem dessa cidade do sul, de tantas balas perdidas, onde o "inevitável, como se lê no noticiário do Rio de todos os dias, já aconteceu." Afinal, aqui no Rio de Janeiro estamos entremeados pela pobreza...

A íntegra do artigo pode ser lida abaixo.

http://oglobodigital.oglobo.globo.com/epaper/viewer.aspx?noredirect=true

Nenhum comentário:

Postar um comentário